ContraBaixo – Guia Completo

ContraBaixo

 

O Que é Notas abafadas no Contrabaixo

 

Apesar de ser obvio, as notas abafadas em um contrabaixo consiste simplesmente em abafar o som das notas para que tenhamos um som que seja mais percussivo. Com intuito de dar bem mais musicalidade aos grooves e também nos ritmos criados.

Note que para você abafar corretamente as cordas. Na sua mão esquerda (a que faz as notas) você vai precisar colocar os seus dedos em mais de um ponto na corda do baixo. A fim de evitar os mais harmônicos, outra técnica muito boa. Já na sua mão direita (a que faz o ritmo) terá de ter um pouco mais de pegada para se obter um bom som preciso e musical.

 

Ritmos para um contrabaixo

Mistura de Ritmos

 

O contrabaixo nada mais é que um instrumento que vai fazer a condução rítmica e harmônica de uma música, ou seja ele é um instrumento totalmente rítmico e harmônico. E é ele quem vai fazer a ligação entre a harmonia de um piano ou também de um violão por exemplo com a percussão ou com uma bateria.

 

Os Primeiros Contrabaixos

 

Os registros organográficos nos mostram que a música executada há séculos atrás era muito simples. Em vários materiais escritos, para você ter uma idéia, as partes se limitavam em apenas 2 ou 3. Em virtude dessa restrição, o número das notas que era utilizado naquela época era relativamente muito pequeno, o que ocasionava um registro de várias notas disponíveis. Mas, bastante reduzido.

 

Por volta do século XV, as partes que formam a música exatamente naquele período aumentaram para 4 vezes. Mais ou menos em 1450, passou-se a usar esse registro de baixo, que naquela época foi considerado uma ótima inovação para a época. A falta deles era bastante reclamada por vários compositores, várias pessoas achavam que sua música soava com timbres agudos ou médios, necessitando portanto, de mais registros graves. Desde então, surgiu a necessidade da invenção de alguns instrumentos na qual pudessem atingir essa tessitura.

 

A primeira solução para esse problema foi construir instrumentos que sejam maiores, baseados na estrutura que é utilizada normalmente, tomando o devido cuidado de não efetuar algumas mudanças estruturais que viessem a prejudicar a obtenção de novos graves.

Um dos principais celeiros de todo o mundo na construção destes 1º instrumentos foi a Itália. Naquele país, as violas tinham apenas três tamanhos: a tenor, gamba aguda e a baixa. Nesse período então surgiu o violine, que também pode ser considerado como um dos parentes mais próximo do moderno contrabaixo acústico que é utilizado nas orquestras.

 

Conheça a História do ContraBaixo

contra baixo

 

Sua história tem inicio na Idade Média. Mas, precisamente no período após o Cisma Greco-Oriental, no qual houve o famoso desdobramento do grupo das famosas primitivas violas em “violas de braço” e também “violas de pernas”. De fato, o instrumento que surgiu no século XV, como fruto dessa evolução de outros instrumentos que são mais antigos e da necessidade em reproduzir as partes que são mais graves da música de uma forma bem mais nítida e perceptível.

 

O contrabaixo é o instrumento mais grave de cordas. Essa característica o torna uma peça extremamente fundamental em qualquer orquestra, uma vez que o mesmo produz um “preenchimento” musical bastante importante e também peculiar, servindo como um “alicerce musical”. O contrabaixo também é simplesmente um dos maiores e melhores instrumentos musicais.

 

Entretanto, até então o contrabaixo ainda não havia se popularizado. Para você ter uma ideia, várias orquestras importantes, como a famosa J. S. Bach, por exemplo, não eram providas do mesmo. Tal fato se dava por quê em razão dessas características físicas do instrumento, o que tornava o seu transporte muito difícil, devido a ser extremamente pesado.

 

Mas, em 1951 o norte-americano Leo Fender resolveu esse problema, criando o fantástico baixo elétrico. Se o grande porte desse instrumento se dava devido a amplificação do som, Fender então resolveu colocar uma pastilha eletromagnética que é capaz de captar o mesmo. O uso desse baixo elétrico e suas diversas facilidades foram extremamente importantes para a popularização de vários estilos musicais como o blues e o jazz.

 

Voltar ao Inicio <<<

Leia Mais

Acordes de Guitarra e Notas de Guitarra 

Acordes de Guitarra

 

Notas e Acordes de Guitarra

 

Se você está começando a aprender tocar guitarra, precisa conhecer quais são as notas e acordes de guitarra. Antes de mais nada, você deve saber que notas e acordes são coisas distintas. Os acordes são simplesmente a união de duas ou mais notas. Ou seja, você pode apenas tocar uma notinha de cada vez em sua guitarra, ou tocar diversas notas ao mesmo tempo, formando os famosos acordes de guitarra.

 

Qual a diferença das notas / Acordes na guitarra e no violão?

 

Nenhuma. Esses instrumentos simplesmente apresentam exatamente as mesmas notas. A única diferença que tem está na maneira de se tocar o violão e a guitarra.

Quais são as Notas e Acordes de Guitarra?

 

Acordes e Notas

 

Notas de Guitarra
Você deve expandir totalmente o seu vocabulário musical. Tocar um acorde C é muito bom, e é definitivamente um acorde que é inicial que vai levar você a um território musical muito bem mais interessante, mas há muito mais que isso na música. Aqui estão 2 outros acordes geralmente usados ​​quando se toca em C Maior.
As notas em um acorde de F são F, A e C. Observe que os acordes F e C estão sendo tocadas simplesmente pelo mesmo dedo o primeiro dedo deve ser colocado em toda a 1º casa tanto da 1ª e 2ª corda.
Geralmente, os acordes da guitarra são construídos de modo que a nota mais grave seja a tônica do seu acorde, mas, neste caso, o F está sendo tocado na primeira casa da corda 1. Isto é chamado de “inversão”.

 

Voltar ao Inicio <<<

Leia Mais

Aulas de Guitarra – Para Iniciantes

Guitarra Para Iniciantes

 

 

Hoje em dia é um problema bastante comum que uma grande parte dos iniciantes em guitarra quando começam aprender a tocar guitarra e se prende muito a teoria e não coloca praticamente nada em prática como uma prioridade. Uma curiosidade é que aprender guitarra sentado ou de pé pode influenciar bastante no seu desempenho inicialmente.. Que algumas pessoas mesmo não aprendendo certas técnicas, já partem logo para outras aulas de guitarra por querer atingir resultado rápidos e tocar uma música ou fazer um solo harmonioso entre várias outras coisas, e isso atrapalha MUITO o aprendizado por falta do iniciante não ter dominado os fundamentos
Reservar um certo tempo na parte teórica não é ruim, mas a maioria das pessoas se prendem a maior parte do tempo nesse fator e focam bem menos tempo na parte prática, sendo que os resultados vem exclusivamente dela.

 

 

Guitarra para iniciantes: Existe Curso Online para aprender ?

 

Sem sombra de dúvidas o melhor curso para aprender de vez a tocar guitarra com total maestria atualmente é o Curto guitarra class . Pois, é o único que possui várias aulas bem planejadas. Esse é o principal intuito do Curto Guitarra: conteúdo simples e de resultado.

 

 

Como tocar guitarra ? sentado ou em pé ?

 

Vários profissionais que ensinam a arte de tocar guitarra, já diziam que o melhor método é tocar na posição de estudo, ou seja, sentado com o corpo de sua guitarra batendo na altura do peito e o pulso deve ser o mais ‘quebrado’ possível.

É muito importante frisar que isso não é necessariamente uma regra, até mesmo porque guitarristas tocam em pé e vários outros tocam sentados, mas como o principal tema abordado aqui é aula de guitarra para iniciantes, é totalmente válido dizer que sentado é bem mais favorável, além de tudo, sem sombra de dúvidas é bem mais confortável.

Leia Mais

Solos de Guitarra

solos de guitarra

 

Solos de guitarra é um som solo produzido pelo dedilhado de uma guitarra no qual é demonstrada a sua habilidade e a velocidade dos dedos que o guitarrista possui, assim como a sonoridade do instrumento. É muito usado também por bandas e músicos de vários gêneros: Heavy Metal, Rock Progressivo, Thrash Metal, Rock Instrumental, entre outros.

 

Mas, para que se tenha um bom solo de guitarra, é necessário que se tenha bastante conhecimento de escalas, como a escala maior natural, escala menor natural (harmônica e melódica) penta blues, escala pentatônica menor e também modos gregos.

 

Veja aqui os 5 Top Solos de Guitarra que separamos para você:

 

 

1 -RITCHIE BLACKMORE em “Highway Star”

 

Esta canção talvez seja a epítome bastante intensa e versátil com que o Deep Purple atacava alguns de seus temas. E o maior destaque nela é o FANTÁSTICO ‘duelo’ de solos entre o guitarrista Ritchie Blackmore e o tecladista Jon Lord.

 

2 – Zakk Wylde – Ozzy Osbourne

 

A canção que dá o título no sexto álbum do Ozzy Osbourne, “No More Tears” de 1991. Apesar disso, a faixa foi o 5º single do disco, o que não interfere em sua gigantesca qualidade. O guitarrista Zakk Wylde performa o solo mais longo entre todos os demais do Ozzy, entre todos os álbuns do cantor.

 

3 – “Texas Flood”

 

1983 STEVIE RAY VAUGHAN Fender Stratocaster “Texas Flood” é um blues composto e gravado por Larry Davis in 1958. A versão de Stevie Ray Vaughan é uma das principais interpretações mais estimadas do guitarrista falecido em 1990, com apenas 35 anos.

 

4 – “Sultans of Swing”

 

1977 DIRE STRAITS MARK KNOPFLER Fender Stratocaster A palavra a Mark Knopfler, nas páginas da Guitar World: “”Sultans of Swing” foi originalmente composta numa National Steel [pode vê-la na capa de Brothers In Arms] em afinação aberta, apesar de simplesmente nunca a ter tocado assim”.

 

5 – Mark Knopfler – Dire Straits

 

“Sultans of Swing” foi o primeiro single da famosa banda britânica Dire Straits. O vocalista e guitarrista, Mark Knopfler chegou a ser considerado um dos melhores e maiores gênios da guitarra devido ao solo da canção.

 

Voltar ao Inicio <<<

Leia Mais

Curto Guitarra Class – Verdade Revelada!

Curto Guitarra Class

O Que é o Treinamento Curto Guitarra Class ?

É um treinamento totalmente online e passo a passo aonde você aprenderá as mais diversas técnicas de guitarra com o Leandro Fonseca que é considerado um dos maiores especialistas do brasil. Muitos guitarristas acabam se tornando praticamente reféns de sua própria técnica ou mesmo da sua rotina de treinos e por isso não conseguem unir a teoria na prática e desenvolver sua criatividade tocando. O método CG Class vai ir totalmente contra essa direção.

O Treinamento trás uma proposta diferente de como você pode ser muito mais produtivo tocando guitarra, além de alcançar resultados expressivos e desenvolver a sua própria e única forma de tocar.

 

Quem é Leandro Fonseca?

leandro fonseca - CG CLASS
Leandro Fonseca é um dos melhores especialistas de guitarra do brasil, ele é o criador do treinamento Curto Guitarra Class, ele é a pessoa que vai te ensinar passo a passo como dominar de vez todas as técnicas de guitarra que ele levou anos para aprender.

 

O Que vou aprender no Curso ?

 

Módulo 1:

Será onde irei te ensinar todas as principais escalas e vou te mostrar de maneira simples como memorizar e aplicar cada uma delas. Seus dedos irão passear levemente sobre o braço da guitarra.

Módulo 2:

Um módulo, dedicado especialmente a escala mais famosa do mundo dos guitarristas, a pentatônica. Onde tudo será colocado de forma simples, prática e sem enrolação.

Módulo 3:

Você vai aprender como trabalhar os acordes de diferentes formas, e como utiliza-los ao longo do braço de forma pratica e ainda saber relacioná-los com as escalas.

Módulo 4:

Nesse módulo eu vou te apresentar as formas os arpejos tríades e tétrades e como aplicá-los em situações reais de música.

Módulo 5:

Modos Gregos sem Mistério, aqui eu vou te mostrar de forma prática como aplicá-los sem medo, dessa forma você irá utiliza-los sem ter nenhuma dúvida.

Módulo 6:

Iremos aprender uma das ferramentas mais poderosas para a sua criatividade: os motivos musicais. E também como desenvolver o seu fraseado.

Módulo 7:

Nesse módulo você irá aprender como utilizar cromatismo no seu fraseado. E também como tocar escalas e arpejo de forma totalmente criativa.

Módulo 8:

Irei te ensinar de forma prática a Escala Menor Melódica e Menor Harmônica e seus respectivos modos.

Módulo 9:

Você vai aprender a criar seus próprios padrões de escala, aprenderá Chord Melody, e ainda como trabalhar melodicamente seus solos, tornando-os mais expressivos.

 

Adquirindo o treinamento HOJE você ganhará todos esses incríveis bônus totalmente GRÁTIS:

 

CG Class Bônus

 

Já sei o que você deve estar se perguntando nesse exato momento….

 

Será que o Curto Guitarra Class Funciona Mesmo ?

 

O Que acha de deixarmos os próprios alunos responderem a essa pergunta… Veja o que eles tem a dizer:

 

Depoimento Aluno Caio Rocha:

Depoimento Aluno Lizonaldo Leite:

Depoimento Aluno Lucas Caetano de Souza:

Depoimento Aluno Davi José:

Depoimento Aluno Antonio Jhone:

 

Uau! Incrível não ? Sinceramente, eu não sei por quanto tempo o Leandro deixará as inscrições do curso Curto Guitarra Class abertas… A Hora é agora!!! Se você estiver realmente comprometido em dominar de vez a sua guitarra, CLIQUE AQUI agora para garantir uma das poucas vagas restantes no curso.  😀

 

Voltar ao Inicio <<<

Leia Mais